15 de fevereiro de 2011

Falar Televisão



Teve tudo, mas não chegou a um todo


Chegou ontem à televisão de Carnaxide um dos melhores documentários que já vi. Não sou muito fã, mas as minhas expectativas em relação a este programa eram altas. E, não, não saíram defraudadas, muito pelo contrário.


Ficheiros Médicos foi, simplesmente, muito, muito bom. Um formato sem qualquer tipo de teatralização, conduzido e muito bem por médicos, sem jornalistas a narrarem. Há muito que não me emocionava a ver televisão e posso dizer que a incrível história do pequeno Daniel me tocou bastante. Não que já tenha vivido algo semelhante, mas porque foi bastante comovente.


Todavia, e tal como já esperava, o programa não alcançou uma grande audiência. Ficou, inclusivamente, atrás da concorrência directa. Nada que me surpreenda, uma vez que os portugueses não estão habituados e “educados” para este tipo de formatos. Por muito bom que Ficheiros Médicos tenha sido, e foi, de facto, nem a excelente antecedência do Jornal da Noite foi suficiente para um resultado mais expressivo.

Porque terá isto acontecido? Sinceramente, não percebo, mas creio que o facto de ter sido emitido a uma segunda-feira poderá ter sido prejudicial. Talvez se tivesse ido para o ar a um domingo, dia em que os telespectadores estão mais abertos para ver espaços de reportagens, conseguisse chegar a um maior número de pessoas. Contudo, não creio que haja de mal em Ficheiros Médicos. Como já disse anteriormente, o formato está muito bem conseguido.

O problema reside, precisamente, no facto de os portugueses não estarem habituados a este tipo de formatos, nem a ver a SIC às segundas-feiras após o Jornal da Noite, arrisco-me a dizer.

5 comentários:

meteo@lentejo disse...

os portugueses só estão habituados a ver as novelas repetitivas da tvi.

Anônimo disse...

meteo@lentejo E as 7 novelas que a SIC passa diariamente?

A culpa não é só da sopeiras incultas, mas sim da SIC, que depois do jornal da noite passava aquele VÔMITO TELEVISIVO chamado "malucos do riso"!

Temos pena!

E não, não sou fâ da TVI, e sim, vi os ficheiros clinicos, e gostei muito!

meteo@lentejo disse...

mas as novelas da sic são diversificadas , enquanto que as da tvi são sempre iguais

Catarina disse...

Anónimo, não são ficheiros clínicos e sim "FICHEIROS MÉDICOS".

Anônimo disse...

emocionei-me ao ver o programa...fantástico...é por isso que continuo a adorar a SIC (por esta qualidade)