30 de novembro de 2010

Joana participou em casting para Rock In Rio





Não foi apenas Ana Isabel a única concorrente que tentou a sua sorte em frente às câmaras antes de Secret Story começar! Joana
participou num casting para ser a cara do Rock In Rio 2010! Não acredita? Então veja o vídeo!

Ana Isabel e Joana - Nomeadas!



Depois da noite de nomeações desta terça-feira, ficámos a saber as concorrentes da Casa dos Segredos que irão a votos no próximo domingo. Ana Isabel e Joana foram as escolhidas!
O duelo de titãs vai finalmente terminar! Só uma poderá vencer e, praticamente, garantir o seu passaporte para a final! A decisão está nas mãos dos portugueses.

SÓ Séries


Boa noite, seja bem-vindo a mais um SÓ Séries! Hoje falamos da série “Apanha-me Se Puderes”, cuja 2ª temporada estreia já no dia 9 de Dezembro, às 22:20, na FOX.

Neal Caffrey (Matt Bomer) é um charmoso vigarista que, depois de fugir da cadeia para encontrar o seu amor perdido, é novamente apreendido pelo seu rival, o agente Peter Burke (Tim Dekay). Porém, ao invés de voltar para a prisão, Neal sugere um plano alternativo: ele fornecerá a sua perícia criminal para ajudar os federais a apanhar outros criminosos em troca da sua eventual liberdade. Com o tempo, Peter apercebe-se que Neal consegue fornecer um ponto de vista e intuição que pode ser utilizada para o correcto cumprimento da lei. A adiconar à trama, temos a mulher do agente Peter, Elizabeth Burke (Tiffani Thiessen), uma inteligente e famosa organizadora de eventos. Por outro lado, Mozzie (Willie Garson) é um amigo de Neal que desconfia do FBI e que tem uma inflexível crença em teorias da conspiração sobre praticamente todos os aspectos da vida. Com a sua enorme percepção auditiva, Mozzie tem uma memória capaz de guardar tudo o que se passa e o que se diz nas ruas.

A série estreou-se de forma quase subtil, contudo ao longo do tempo conseguiu angariar uma camada de espectadores fiéis e, nos tempos que correm, o facto de ter conseguido uma renovação é uma vitória bastante assinalável. Com a nova temporada, novas aventuras prometem deixar o telespectador carregado de adrenalina!

Falar Televisão


Injustiça

Já aqui expressei o meu desagrado pelo facto da estação de Carnaxide não aproveitar o potencial de Catarina Morazzo. Versátil e simpática, a apresentadora tem capacidades para ir mais longe na televisão. Daí, não entender o porquê de ser ela a escolhida para promover os prémios que o terceiro canal pretende oferecer aos espectadores em dia de especiais de "Companhias limitadas". Quando a repórter é chamada para este tipo de programas, penso sempre que irá ter um papel mais importante do que "encher chouriços" para os telespectadores ganharem um carro. No entanto, engano-me sempre. Catarina Morazzo não conduz estes especiais, nem sequer desenvolve muito o seu discurso. O seu trabalho é claro: dentro de períodos de tempo previamente estipulados, a apresentadora, ou melhor, promotora, terá de referir as características do automóvel para os telespectadores efectuarem, pelo menos, uma chamada para o tentarem ganhar.
Custa-me tanto ver este desaproveitamento por parte da estação de Carnaxide.
Num plano oposto está a aposta de Nuno Santos em Laura Figueiredo. A jovem passou de Lua Vermelha para os diários do Ídolos e, posteriormente, para a apresentação de Fama Show. Não entendo como a equipa da direcção de Carnaxide consegue colocar uma aprendiz à frente de um programa que oferece alguma exposição à carreia de qualquer profissional de televisão, e esquecer-se de Catarina Morazzo. Indepententemente do talento de Laura Figueiredo, porque não dar uma nova oportunidade à ex-repórter das Tardes da Júlia, oferecendo-lhe um lugar na apresentação do magazine das tardes de domingo da SIC?
Não acredito que o seu trabalho no E-Especial a impeça de conciliar este suposto novo trabalho. Tentar não custa, pelo menos!

Esta noite...



... o mundo das Séries está de regresso ao Televisão-Opinião.
A Marta Miranda conta-lhe tudo, às 21:00!

Fala-se! 30/11/2010




Boa Tarde! Seja bem-vindo ao Fala-se! desta terça-feira!



Manuel Luís Goucha


A crise que tem vivido o país não escapou ao conhecido apresentador. É que, segundo a edição desta semana da Notícias TV, o seu restaurante, Em Banho Manel acaba de fechar portas.


“Quando tomo uma decisão, tomo-a definitivamente. Não vale a pena chorar sobre o leite derramado”, explicou Manuel Luís Goucha à referida publicação.


Apesar de tudo, o comunicador não põe de lado um regresso futuro ao mundo da restauração: “Não sou homem para dizer nunca. Agora o que me interessa é sobreviver à crise. Depois, logo se verá.”



Carla Andrino


Actualmente a brilhar em Espírito Indomável, a actriz tem estado dedicada a uma outra paixão que não a representação.


Segundo a Notícias TV, Carla Andrino está bastante empenhadaem preparar o seu mestrado, passando agora à sua proposta para a defesa de tese: “Vou propor-me estudar as emoções dos actores. É uma união das minhas duas áreas: psicologia e representação. A ideia é explicar como é que um actor assume uma emoção que nunca viveu”, explicou à referida publicação.


Quiosque: Notícias TV


Revista de Imprensa 30/11/2010


Bom dia! Seja bem-vindo a mais uma Revista de Imprensa!


José Alberto Carvalho elogia informação da concorrência





O actual director de informação da estação pública foi o grande entrevistado da mais recente edição da Notícias TV. Numa conversa sobre inúmeros temas, José Alberto Carvalho não se fez rogado e teceu rasgados elogios ao que fazem SIC e TVI.


Começando pela informação do canal pelo qual deu a cara, o jornalista disse: “Acho que nem sempre tem audiências compatíveis com o trabalho que faz. Vejo muito bom trabalho jornalístico em todas as televisões. A SIC continua a fazer um bom jornalismo, mesmo que nem sempre isso seja traduzível nas audiências, que às vezes são incompreensíveis.


Já sobre aquilo que é feito por Queluz de Baixo, o também pivô do Telejornal confessou: “Acho que um esforço para descolar de algumas marcas que ficaram, mas não tenho visto com a suficiente profundidade e regularidade para emitir uma opinião definitiva”. A terminar, uma crítica ao jornalismo de Manuela Moura Guedes, uma vez que, na sua opinião, desde que a esposa de José Eduardo Moniz saiu da TVI, a informação do canal “ganhou qualidade”, embora não queira alimentar mais polémicas.


Mafalda Teixeira com novo projecto na TVI





Brilhou na pele da Olga de Espírito Indomável, no entanto, a sua participação na história de e Rafael já chegou ao fim. Mas nem por isso a actriz está sem trabalho.


É em declarações à edição desta semana da Nova Gente que Mafalda Teixeira fala sobre o seu futuro: “Nesta fase estou a ver novos projectos, já tenho dois trabalhos em televisão para o ano, dos quais não posso falar, mas continuarei ligada à TVI”. Ainda assim, a actriz não revelou qual será o novo formato em que estará presente, mas é de esperar que pelo menos uma participação, especial ou não, esteja já agendada para Anjo Meu.


Talvez por isso, Mafalda tenha já mudado o seu visual, agora com o cabelo mais curto e com um tom mais claro. Resta aguardar por novidades.


CITAÇÃO DO DIA:


“Ele (Miguel Sousa Tavares) não me suscita qualquer tipo de comentários”


Manuela Moura Guedes



Número do dia:


25.8%


Foi o resultado de share médio da emissão de mais de três horas dos especial 15 anos de Praça da Alegria, que a RTP transmitiu na tarde de domingo.



Quiosque: Nova Gente, Notícias TV, Diário de Notícias

Fecho


Boa noite. O Fecho de hoje incluí uma crónica da autoria de Mário Contumélias, retirada do Jornal de Notícias.
Inimputáveis

"Condenados", o programa de Sofia Pinto Coelho que a SIC tem vindo a exibir, chegou ao fim. Foram quatro episódios, quatro casos de condenações mais que duvidosas, trazidos a lume por um trabalho de investigação jornalística irrepreensível, quer no plano técnico, quer no plano ético, como já aqui escrevi.


Sofia investigou sempre com rigor e isenção, e apresentou os resultados num formato personalizado em que é uma das protagonistas da história.

Formei-me profissionalmente num tempo em que se ensinava aos jornalistas que não devem aparecer porque o que importa é a notícia, de que são apenas mediadores. Contudo, vivemos num mundo diferente e o protagonismo, assumido por Sofia Pinto Coelho nas quatro reportagens, foi uma aposta ganha.


Permitiu aos telespectadores acompanhar, passo a passo, o seu pensamento, a racionalidade que norteou a investigação realizada. Portanto, puderam reflectir com ela, e assim melhor compreender a informação que lhes chegava. Outra coisa é o que nos fica, depois de vermos as quatro edições do programa.


Ou seja, a evidência de que a Justiça muitas vezes é cega porque alguns juízes não são capazes de ver como deviam, talvez porque alcançaram, entre nós, um imerecido estatuto de entronizados detentores da verdade. E assim, dispõem-se a dar credibilidade a vítimas que a não merecem; a desvalorizar testemunhos-chave; a ignorar alibis inatacáveis; a pôr para trás das costas incoerências óbvias; a fechar os olhos a irregularidades processuais; a decidir por convicção.

Justificam-se deste modo perguntas, como a feita em "Condenados", sobre "como é que três juízes condenam uma pessoa, sem provas?" Certo, certo é que um inocente pode ser acusado, preso, julgado e condenado. Tal e qual como mostrou, na quinta-feira, a TVI que aconteceu ao guineense Bacar Baldé, de 28 anos, condenado a três anos e meio de prisão por violação de uma menor, pelo tribunal de Vila Nova de Gaia, e que viu agora provada, por um teste de ADN, a sua inocência. Mais uma vez, um colectivo de juízes estava enganado.

Mas, quando o erro fica a descoberto, por raras que sejam as vezes em que isso acontece, os juízes responsáveis pelo erro judicial não acham razão para pedir desculpa, porque isso não está na nossa tradição e só se justificaria se os juízes tivessem agido de má fé. A não ser o caso, Suas Excelências são inimputáveis. E mesmo o Supremo Tribunal de Justiça, estatisticamente falando, só corrige um erro judicial, de dois em dois anos. Temos pois, boas razões para temer a Justiça. E se lhe comprassem uns óculos?

29 de novembro de 2010

António é ridicularizado em vídeo polémico de Hugo M. e Vasco

AntonioSS


Depois de, na semana passada terem revelado, em entrevista à TV 7 Mais que esperavam fazer um programa de humor sobre Secret Story, os dois concorrentes colocaram agora um vídeo no youtube onde criticam o pastor de Baião.

Como pode ver, Hugo Marques e Vasco Oliveira não se coibiram de chamar António de "Saloio" e de denominar Portugal de um "país de terceiro, quarto, quinto mundo".

A pergunta fica no ar, o que achará o pastor quando tiver acesso a este vídeo? Ou será que até lá o mesmo será retirado?



Frente a Frente

Boa noite. O Frente a Frente desta noite abre o duelo entre Diogo Valsassina e Rui Pego, dois dos apresentadores de Curto Circuito, programa da SIC Radical.
Está preparado?




Destacou-se em Morangos com Açúcar porém, a sua carreira começou muito antes da segunda temporada da série da TVI ter arrancado. Diogo Valsassina estreou-se em Jardins Proibidos e, mais tarde, deu brilho em Ana e os Sete. Em termos de ficção, Ilha dos Amores, novela transmitida pela TVI em 2007, fez ainda parte do seu currículo.
Actualmente à frente de Curto-Circuito, o apresentador tem como colegas Rui Pego, Diana Bouça-Nova, Carolina Torres e Rui Porto Nunes. Com 21 anos, considero Diogo Valsassina a cara do programa e da própria SIC Radical. Descontraído, adepto de um estilo de música centrado no rock, divertido e, acima de tudo, irreverente.

Depois de fotografado a fumar drogas num festival de música, o actor acabou por ser repreendido pelo seu comportamento, nomeadamente por Pedro Boucherie Mendes. No entanto, e apesar dessa situação, qual o problema do profissional de Carnaxide fazer algo que, para os jovens da sua idade, é normal? Obviamente que uma estrela de televisão tem uma imagem a defender e, ainda mais importante, uma mensagem a transmitir. Diogo Valsassina acabou por se deixar levar pelas fotógrafos, e oferecer-lhes uma matéria para se tornar na "polémica da semana". Uma vez que todos temos "telhados de vidro", defendo o apresentador da SIC Radical.

Sobre o futuro, gostaria de ver Valsassina a conduzir um novo programa. Se em Curto Circuito não há dúvida que o jovem de 21 anos consegue atingir os mínimos exigidos, não tenho tantas certezas se na generalista o apresentador se conseguiria integrar. Quem sabe formar uma nova dupla entre ele e Catarina Morazzo? Em que programa? Por exemplo, com as estreias que a estação de Carnaxide está a preparar para o ano, porque não apostar nos dois apresentadores para conduzir os diários de "O Peso Certo", "Factor X" ou "Portugal tem Talento".


Considero Diogo Valsassina talentoso, e com uma boa ligação com as câmaras. Daí defender que a SIC lhe devesse oferecer a possibilidade de realizar trabalhos pontuais no canal generalista, de modo a perceber se de facto o "ex-moranguito" tem mais jeito na apresentação ou na representação. Tentar não custa!

Quem sabe não existe neste rapaz um "mini João Manzarra"?



Recordo-me perfeitamente de o ver no casting de Curto Circuito. Recordo-me de tudo o que se escreveu na época, principalmente das acusações de que por ser filho de quem era recebeu a oportunidade de apresentar um programa. Hoje, mais do que nunca, ele “cala” quem o acusou, quem o criticou. Genuíno e sempre divertido, ele dá a cara pelo programa que mais talentos tem descoberto.


Por ser em directo, o Curto-circuito tem sido uma grande escola para este jovem. O seu talento é inegável e ele tem tudo aquilo que é pedido a um comunicador que trabalhe em televisão. Talvez por ser filho de um senhor da rádio e de uma senhora da televisão, Rui Pêgo reúne também várias características que o tornam num “diamante em bruto”.


Já tem a escola da radical e, acredito, dentro em breve, estará na generalista a mostrar tudo o que já aprendeu. Já o fez em SIC Ao Vivo, embora que poucas vezes, mas ainda lhe falta a verdadeira oportunidade. Por mim, seria uma excelente aposta para apresentar a versão portuguesa de X Factor, ao lado de Carolina Patrocínio ou Raquel Strada, por exemplo. Gabo-lhe a excelente capacidade de comunicação e improviso. Não esquecendo, claro está, o facto de ser muito generoso e nunca querer “tapar” os colegas que com ele trabalham no programa da SIC Radical. A meu ver, ele é o “sucessor” de João Manzarra, que é como quem diz, o próximo grande apresentador da televisão portuguesa.

Para além de tudo isto, não nos podemos esquecer da fantástica imagem televisiva e do sorriso contagiante, que cativa pequenos e graúdos. Filho de Júlia Pinheiro, quem sabe um dia não o veremos apresentar um programa de day-time como a mãe? Ou dirigir uma rádio como o pai? Dizem que há heranças que pesam demasiado e que custam a “carregar”, mas, a julgar por aquilo que podemos ver diariamente, tudo isto é “canja” para Rui Pêgo.

Eu sou fã, e você?

Falar Televisão

M de Mourinho

Foi na última quinta-feira que a reportagem sobre José Mourinho foi para o ar. Ciente da ligação que os portugueses têm com o "Special One", a estação de Carnaxide quis apostar num projecto que celebraria os dez anos de carreira do treinador. A ideia foi, efectivamente, certeira! José Mourinho: O Melhor Treinador do Mundo, foi o programa mais visto do dia, com 12,4% de audiência média e 30,8% de share. Significam estes números o quê? Uma vitória sobre a informação da estação pública, uma vitória sobre o diário da Casa dos Segredos, uma vitória em pleno horário nobre. Esporádica, claro, mas assinalável.


Não deixa de ser curioso verificar que as ideias pairam no cérebro da equipa que comanda a grelha de programas de Carnaxide. No entanto, o dinheiro acaba sempre por ser um obstáculo à sua formulação. Sendo assim, na minha opinião, se Nuno Santos ainda permanece na posição de director de programas da SIC, então é porque existe alguém que continua a acreditar nos seus projectos, na sua táctica de programar. O terceiro canal está em terceiro e, para mal dos seus pecados, irá acabar o ano nessa posição. No entanto, e apesar disso, Francisco Pinto Balsemão pode vangloriar-se de ter sido na sua casa que foram emitidos os melhores programas de entretenimento de 2010. Um mérito que, felizmente, ninguém pode contestar. Ídolos, Achas Que Sabes Dançar, Alta Definição e, de certa forma, À Procura do Sonho - Face Model of The Year, foram alguns dos exemplos que contribuíram para os resultados da estação de Carnaxide.

O programa de Mourinho, veio apenas reforçar esta ideia. Apesar de em nada apoiar a cultura portuguesa, o especial emitido pela SIC foi uma boa sobremesa para um noite friorenta. E que tal apostar-se em mais programas deste género? Tendo por base o Regresso dos Incríveis, não seria má ideia se, semanalmente, fosse transmitido um especial sobre um mitíco treinador de futebol.
Fica a ideia!

Esta noite...

... não perca mais um duelo televisivo! Às 21:00, o Frente a Frente espera por si!
O vencedor está nas suas mãos!

Fala-se 29/11/2010


Boa tarde. Este é o primeiro Fala-se da semana! 


Iva Domingues

Depois de uma exaustiva especulação por parte da imprensa, Iva Domingues finalmente assumiu o final do seu relacionamento com o realizador Vasco Vilarinho. Foi em declarações à revista Flash!, onde a ex-apresentadora do Quem Quer Ganha confirmou o fim do namoro que durou cerca de seis anos.

Iva Domingues tem uma filha, Carolina de oito anos, fruto de uma anterior relação com o jornalista Pedro Mourinho. 



Judite Sousa

Visivelmente mais magra, Judite Sousa refuta a hipótese de ter feito qualquer dieta e adianta que está sua nova silhueta é fruto apenas e só do trabalho: “Sim, estou mais magra. Tudo isto é fruto do trabalho, só e sempre. Dou tudo de mim ao trabalho”, explica.

E parece que não será tão cedo que a jornalista da RTP deixará de abrandar o ritmo de trabalho para tirar umas férias: “Férias? Nem pensar! Vamos ter eleições presidenciais em Janeiro”, justifica.


Quiosque: Notícias TV, Flash!

Manuel Cavaco já assinou pela SIC

manuel_cavaco


Depois de a TV 7 Dias ter avançado com o rumor de que o actor estaria a caminho da estação de Carnaxide, eis que o Diário de Notícias de hoje confirma a novidade.

Segundo este jornal, que falou com o director-geral da SIC, Manuel Cavaco já faz parte dos quadros do canal de Francisco Pinto Balsemão, tendo já assinado contrato de exclusividade. Ainda assim, não é conhecida a duração do mesmo.


Ao que parece, o primeiro trabalho do interprete de Horácio Barqueta em Meu Amor na sua nova estação será na telenovela que substituirá Laços do Sangue, um remake de uma produção brasileira, cujo arranque está previsto para meados de Março.

Face à aposta da SIC em ficção, é de esperar que, dentro em breve, novos actores cheguem a acordo com o canal de Carnaxide.


Quiosque: Diário de Notícias

Revista de Imprensa 29/11/2010


Segunda-feira, 29 de Novembro. Em linha a Revista de Imprensa do dia!


Teresa Guilherme: "Está tudo em aberto"


A estreia de Sem Perdão esteve já prevista para o final deste mês de Novembro, mas depois de sucessivos adiamentos a actual data de que se fala é mesmo Janeiro de 2011.

Em declarações à Correio TV, Teresa Guilherme admite que ainda tudo está em aberto mas garante que a saída de André Cerqueira da direcção de programas da TVI não prejudica em nada a pré-produção de Sem Perdão: “Ainda antes do André Cerqueira comunicar que ia sair do cargo de director de programas eu já falava com o Luís [Cunha Velho], e temos conversado sobre o Sem Perdão mas neste momento nada mais posso adiantar. Acho que, nesta fase, está mesmo tudo em aberto”

Antes disso, está prometida uma participação de Teresa na gala de Natal da estação de Queluz, dia 9 de Dezembro no Casino Estoril: "Vou fazer uma graçola com o Manuel Luís [Goucha] na gala de Natal. Depois logo se vê o que a TVI tem em mente”, remata.



Pepe Rapazote elogia Aguinaldo Silva

“O Aguinaldo só veio transformar o que já era bom em muito melhor”, é assim que Pepe Rapazote vê a prestação do argumentista brasileiro na mais recente aposta da SIC na ficção nacional, Laços de Sangue.

O actor garante que está a passar uma das melhores fases na sua vida profissional e, apesar de não dar grande atenção aos resultados audiométricos, admite que a qualidade de Laços de Sangue se deve, acima de tudo, aos argumentistas Aguinaldo Silva e Pedro Lopes: “A novela tem muita qualidade, apesar de eu não ligar em nada às audiências. Pedro Lopes e a equipa dele são do melhor que há em Portugal. E o Aguinaldo é um velho sábio em qualquer lado do Mundo”

Sobre Luís Barros, a personagem que interpreta na trama, Pepe Rapazote admite ver bastantes traços em comum entre a personagem e a sua própria personalidade: “Ele é um bocadinho como eu. Podemos ter a certeza de uma coisa num momento mas cinco minutos depois, já não a temos. Mas mantemos sempre muita convicção”, refere acrescentando: “Este é, sem dúvida, um papel que me está a dar muito gozo de fazer em todos os aspectos”



CITAÇÃO DO DIA
"Na RTP não se pode errar. Ninguém admite isso à RTP. É um absurdo"
José Alberto Carvalho



NÚMERO DO DIA
15,4
Este foi o resultado, em share, da série Lua Vermelha no passado Sábado. Com apenas um exibição por semana, a trama de Rui Porto Nunes obteve um dos piores resultados desde a sua estreia.


Quiosque: Correio TV, Notícias TV

De Olho nos Segredos

Terminou há instantes a nona gala de Secret Story, e cá estou eu, mais uma vez De Olho nos Segredos!


Depois de uma semana agitada, Zé Miguel disse adeus à competição, ele que foi sempre um jogador discreto e que preferiu não entrar em polémicas. Dentro do grupo de nomeados, confesso que, embora seja um grande fã deste jovem, seria a minha escolha para abandonar a Casa, até porque, caso contrário, a competição ficaria injusta.


Apesar de tudo, e ao contrário do que tem vindo a acontecer, o grande momento da semana não aconteceu com a expulsão de um concorrente por parte do público, mas sim pela noite de quinta-feira e manhã e tarde de sexta. Pois é, Vítor acabou por ser expulso pela produção, depois de uma semana ter tido uma missão “ultra secreta”. Era o desfecho mais evidente, depois de tudo o que aconteceu, até porque vários concorrentes mostraram o seu descontentamento. Todavia, continuo a achar que houve muito exagero por parte da produção e que os momentos foram todos provados pela mesma. Basta ter em mente que, aquando do inicio da festa se podia ler no site oficial do programa algo do género: “prepare-se para uma noite intensa”. Mas enfim, quem sou eu para duvidar da veracidade de tudo o que se passou? Mas não pode deixar de haver culpas para a produção. Deram-lhes álcool e queriam o quê? Infelizmente é o melhor caminho para conquistar audiências.


Voltando à Casa e esquecendo um pouco aquilo que se passou nesta noite, de destacar o facto de a expulsão ter feito com que o ambiente ficasse muito melhor. Ana Isabel aproximou-se mais dos outros concorrentes e a harmonia, aparentemente, voltou à Casa dos Segredos. Afinal de contas, “guerrinhas à parte”, estão todos juntos na competição, têm-se uns aos outros e são todos seres humanos, com defeitos e qualidades. Todavia, a pressão da saída de Zé Miguel ou Hugo mostrou quem são os amigos de quem. Para a semana, mais do que nunca, e principalmente nos primeiros dias voltará a haver muita pressão, se bem que já todos sabemos quem irá à “barra”. Ana Isabel e Andreia lá estarão e é cada vez mais certo que Vera e Joana estarão na final, o que, no meu entender, é uma grande injustiça.

Injustiças esquecidas, passemos então à análise individual!


Vítor, o descontrolado

Não sei se numa manobra motivada pela produção, ou se é assim no seu dia-a-dia, Vítor acabou por borrar toda a pintura e ser expulso pela produção. A avaliar pelas palavras de Ana Isabel não foi a primeira vez que uma situação destas acontece. O álcool faz com que as pessoas se alterem e que modifiquem o seu comportamento, mas não pode ser uma desculpa para Vítor, nem para ninguém. Ainda assim, nem eu nem qualquer outra pessoa somos alguém para o condenar, afinal de contas quem não se excedeu já um pouco na sua vida? Teve azar porque fê-lo em frente a todo o país e a sua imagem está, claramente, manchada. Uma vez que o ambiente dentro da casa está completamente mudado, arriscaria dizer que, mais do que ninguém, era Vítor quem o criava. Tive pena que tudo isto acontecesse, até porque o admirava e acreditava que era uma boa pessoa. Mas, infelizmente para ele, teve azar… e agora já está cá fora.

Zé Miguel, o sincero

Sempre gostei deste rapaz, desde o primeiro dia. Todavia, acredito que o facto de se ter unido ao grupo “Boi Marinho”, embora nunca o tenha admitido, o prejudicou. É sincero e verdadeiro no que diz. Ainda assim, tenho para mim que é um pouco influenciável. Ainda não se apercebeu do mau génio de Joana, que, à primeira oportunidade, o nomeará. Foi à “barra” esta semana, numa medida utilizada por Ana Isabel e Andreia para protegerem os “seus”. Desta vez não se “safou” e acabou expulso. Saiu com a cabeça levantada e com a certeza de que fez aquilo que de melhor pôde fazer. Gabo-lhe a boa educação.


Hugo F, o gentleman

É, a par de Ana Isabel e Zé Miguel um dos meus favoritos. Para mim, é um grande jogador, mas também uma boa pessoa. Não acredito que seja pouco inteligente, como muita gente diz. Pelo menos de uma coisa tem certezas: mais do que ninguém, jogou e foi à luta, tentando sempre descobrir segredos. Na noite que motivou a expulsão de Vítor provou ser um grande homem, ao estar lá a ajudar o modelo e a tentar proteger Ana Isabel. Ao contrário de muita gente, não acredito que haja ali romance, simplesmente são duas pessoas que se tão muito bem e que são amigas, nada mais do que isso. Conseguiu levar a melhor sobre Zé Miguel e continua na Casa dos Segredos. Situação mais do que justa, por tudo aquilo que escrevi anteriormente.


Joana, a “coitadinha”

Depois de ter declarado guerra, ainda muito pouca gente viu essa competição. é mesquinha e falsa, tem um pouco a mania e acredito que na melhor oportunidade dará um “golpe” a Zé Miguel e António. Gosta de se fazer de “coitadinha” e isso foi bastante notório na noite que ditou a expulsão de Vítor. Achei de uma falta de bom senso, de respeito e boa educação aquilo que disse na noite de segunda-feira, quando Ivo ganhou um jantar para o seu grupo e disse que Ana Isabel, Vítor e Hugo F poderiam ficar com os restos e que não tinham nada que comer o que eles comiam. Assim se vê o mau génio das pessoas e acredito que, naquela situação, Ana Isabel nunca diria algo semelhante.

António, o forreta mimado

Cada vez gosto menos deste rapaz. Apesar de achar que até nem é dos piores, já não suporto o seu feitio. Tem muito a mania de que lá por ser de origens humildes é o melhor e acho que pensa que é muito popular. É um dos que tem a conta mais recheada, mas nem por isso vai carregar no botão. Porquê? Porque quer ganhar dinheiro a todo o custo. Tal como já disse a várias pessoas, acho que seria imensamente engraçado vê-lo sair de lá sem dinheiro algum. Também com Vera já provou que quer toda a atenção da rapariga. Por vezes “enjoa” com as suas atitudes e isso em nada abona a seu favor, basta ver o drama que fez quando foi eleito o menos “asseado” dentro da Casa e quando teve que transferir 500€ para a conta de Joana.

Andreia, a conselheira

Por muito que a considere falsa, creio que tem demonstrado ser uma mulher atenciosa e preocupada. No fundo, acho que o facto de ser mãe a ajuda e a torna num grande apoio para as meninas da casa, principalmente para Vera e Ana Isabel. Cada vez mais mostra ser uma grande jogadora, mas tem várias fraquezas. Isso foi bastante notório quando Vítor teve um comportamento menos adequado com Ana Isabel e se mostrou completamente chocada com a atitude do modelo. Sinceramente, fiquei com a ideia de que, no passado, já foi vítima de maus-tratos. É uma forte candidata às nomeações da próxima semana!

Ana Isabel, o alvo

Continua a ser a minha favorita. Tudo fez para tentar proteger os seus, mas acabou por ver o namorado ser expulso da casa. Acredito que agora mostre quem é a verdadeira Ana e nos surpreenda, positivamente, a todos. No entanto, tenho quase a certeza de que, quando vier à barra sairá. É uma grande jogadora, mas esta semana esteve em baixo, principalmente com tudo o que aconteceu com Vítor. No entanto, está a conseguir dar a volta por cima e está mais próxima dos seus colegas. Os portugueses decidiram manter Hugo F em competição e pelo menos durante mais uma semana terá o seu grande amigo ao seu lado, o que por si só acaba por ser uma boa notícia.


Ivo, o salvo

Mais uma semana e mais uma vez escapou à nomeação. Continua a fazer o seu jogo e a provar o quão mesquinho consegue ser, lançando sempre achas para a fogueira, onde pretende queimar vários colegas. Ficou surpreendido com a mudança de comportamento de Ana Isabel e desiludido com tudo o que aconteceu com Vítor. Ainda assim, em vez de tentar fazer alguma coisa, preferiu rir-se e gozar com a situação, achando que era tudo mentira. Não é burro nenhum e tem vindo a provar que é um jogador nato, embora por vezes amador. Para a semana vai, certamente, trair Andreia e quero saber qual será a reacção da “Tia” quando souber disso. Já começa a fartar-se do comportamento de António e está cada vez mais patente que há um sentimento muito especial por Vera.

Vera, a cimenta

Pensou que Ivo estava em missão e, quando António a irritou mostrou o seu lado mais dócil. Aos poucos, começo a gostar dela. Para mim, ao lado de Ana Isabel, seria a outra rapariga a estar na final. Gosta bastante de Ivo e tem um carinho especial por António, no entanto, nada do que o pastor possa pensar. Apesar de tudo, tenho para mim que, cá fora, pouco ou nada lhe irá falar. Está cada vez mais influente e continua a animar as hostes. A missão que recebeu, ao lado de Vítor, mostrou uma jogadora inteligente que conseguiu fazer aquilo que a VOZ pediu. Para a semana não será nomeada e acredito que poderá aproximar-se mais de Ana Isabel.


Terminada a análise, resta dizer que, a partir de agora, a pressão será ainda maior e que, mais do que nunca, já se sabe quem serão as próximas nomeadas. Com 99% de certezas, diria que Ana Isabel e Andreia irão à barra. Estarei certo? Só na terça-feira saberemos, até lá “shiuuu”!


E “É tudo, por agora! Até para a semana!

Joceline é expulsa do "Ídolos"


Os portugueses foram unânimes: Joceline não surpreendeu na gala deste domingo do "Ídolos". Depois de ouvidas as "vozes inesquecíveis", a concorrente cabo-verdiana acabou por não se ter salientado para os telespectadores do talent-show da SIC.
Para a semana, os seis resistentes marcam novamente presença nos ecrãs da estação de Carnaxide!

Zé Miguel é expulso de "Secret Story"

zemiguelSS


Depois de Vítor ter sido expulso pela VOZ foi a vez de o público português dar o seu parecer entre Zé Miguel e Hugo F, acabando por ser o concorrente de Irivo o escolhido.

Com 62% dos votos, Zé Miguel perdeu para o delegado de propaganda, estando assim fora da Casa dos Segredos!

Diário de um Ídolo - 5ª Gala

Boa noite! A quinta gala do Ídolos foi marcada por grandes actuações! Com o final do ano a chegar, os sete finalistas deram tudo por tudo ao interpretarem "vozes inesquecíveis".
Fique agora com a opinião a cada uma das actuações dos concorrentes do talent-show da SIC.

Joceline

Deu asas a "Fly Me To The Moon", e demonstrou novamente aos portugueses a sua grande presença em palco. Considerei a actuação afinada, porém não acho que se tenha salientado muito em relação aos restantes concorrentes. Cumpriu. Apesar deste facto, nesta fase do "Ídolos", este "dever" não chega.
Tal como Moura dos Santos referiu, "faltou um bocadinho de swing".

Neemias


Interpretou uma das minha músicas preferidas de Louis Armstrong - "What a Wonderful World". Antes de o ouvir, não tinha grandes expectativas para a sua actuação, tendo em conta a sua perfomance nas galas passadas. Não me enganei. Apesar de ter gostado da forma como agarrou algumas partes da música, mais uma vez não apreciei na totalidade a prestação de Neemias. A sua atitude e expressividade em palco continuam a ser aspectos a trabalhar.

Carolina Deslandes


Em português, Carolina Deslandes cantou um tema de Rui Veloso. Num estilo próprio, a jovem de 19 anos deu um pedaço de si à sua interpretação. Não desiludiu. "Foste magnífica, como é teu hábito", referiu Pedro Boucherie Mendes. Já Manuel Moura dos Santos considerou que a prestação de Carolina teve uma grande "intensidade e refinação absolutamente extraordinária".
Mais uma vez, os quatro elementos estiveram em consonância em relação à performance desta concorrente.

Adriano Diouf


Tal como Carolina Deslandes, cantou em português. Num tema de Jorge Palma, Adriano Diouf procurou provar que a sua actuação deste domingo, e ao contrário da da semana passada, não poderia ser tão "Frágil". Achei-o afinado, e gostei da atitude que deu à última parte da música. No entanto, penso que não esteve no seu melhor. Tal como Roberta Medina salientou: "esta canção não ficou no melhor formato".

Sandra Pereira

Mais um domingo, mais uma boa actuação. Com uma grande atitude, a concorrente de Albergaria-a-Velha demonstrou novamente a sua versatilidade. Tal como Martim havia feito com o tema de Pedro Abrunhosa, "Se Eu Fosse um Dia o Teu Olhar", Sandra Pereira deu um toque pessoal a "I Just Wanna Make Love To You". "Quando a gente acha que não dá para surpreender mais, você prova que é possível", comentou Roberta Medina. A opinião do júri foi unânime.

Martim Vicente


Desta vez na língua inglesa, a interpretação de Martim Vicente foi, no mínimo, surpreendente. Expressivo, o estudante de Sociologia deu vida a uma balada bastante bonita. Para mim, a melhor actuação da noite. Se o melhor vem no fim, então este foi o caso.
Ao contrário do habitual, o júri não esteve de acordo com a prestação do concorrente. "Tens um estilo muito próprio", afirmou Manuel Moura dos Santos. No lado oposto esteve Pedro Boucherie Mendes, que considerou esta a pior actuação de Martim Vicente desde o início do "Ídolos".

Maria Bradshaw

De regresso à sua praia, Maria Bradshaw deu alma a "Smile", uma bonita balada. Considerei a sua performance afinada e intensa. Prova disso foram as lágrimas que deixou correr após a sua actuação. O tema foi escolhido e trabalhado de forma bastante inteligente. No entanto, concordei com Pedro Boucherie Mendes.: gostaria de ver a concorrente interpretar uma canção totalmente diferente, numa veia mais pop.

Os melhores:

Martim Vicente
Sandra Pereira
Carolina Deslandes

Depois de contados os votos dos portugueses, os dois concorrentes menos votados foram: Adriano Diouf e Joceline. Apesar da proximidade das votações entre ambos, os telespectadores foram soberanos: Joceline foi expulsa do Ídolos.

Até para a semana!