17 de maio de 2011

Falar Televisão


Um "Remédio" para uma estreia

O título deste "Falar Televisão" acaba por espelhar todo o conteúdo da rubrica. Estreou no dia de ontem, em horário nobre, a nova produção da estação de Queluz de Baixo. Intitulada de "Remédio Santo", a novela promete, tal como tantas outras, agarrar os telespectadores aos ecrãs nacionais. No entanto, e apesar da liderança, é necessário analisar com cautela os resultados do dia de ontem.

Assim, esta nova aposta do canal da Media Capital não foi além dos 14,3% de audiência média e 37,5% de share. Aproveito para recordar os valores da estreia de "Anjo Meu", a anterior novela que estreou na TVI: 15,8% de rating e 39,7% de share.
O que significarão estas audiências para a estação de Queluz de Baixo: uma derrota ou uma vitória? Na minha opinião, um misto de ambos os sentimentos. Vejamos: "Remédio Santo" venceu, contudo "Anjo Meu" perdeu, e muito, para "Laços de Sangue", que ontem se posicionou no segundo lugar do top dos cinco programas mais vistos do dia. Por outro lado, não esquecer igualmente a prestação de"Sedução". A novela da autoria de Rui Vilhena não aguentou a hora de transmissão tardia e baixou para os 4,1% de audiência média.



Terá a ficção um destino traçado para a TVI? Essa é uma questão há muito debatida pela direcção de programas do canal da Media Capital, contudo a resposta é ainda indefinida. Tendo por base os picos que as novelas conseguem atingir em alguns dias da semana, é ainda rentável apostar neste tipo de produto. Sê-lo-á no futuro? Talvez, mas com menor impacto nos portugueses. Com a fuga dos telespectadores para os canais temáticos, as generalistas não escaparão a esta espécie de "migração", que resultará em cortes na publicidade. Já faltou mais...

13 comentários:

Luís disse...

Não diria que tem o destino traçado. Simplesmente a SIC está a melhorar na sua ficção nacional e ontem foi prova, se bem que os 10 pontos, são as audiências habituais do programa.

Porém, a TVI como já disse não tem o destino traçado. Outra razão é que está a enfraquecer a nível de audiências das novelas, mas a aumentar a qualidade e a criar uma nova linha de ficção. Sedução é um excelente exemplo, mas não foi bem aceite pelo o público nos 2 horários, apenas no 3º. O público da TVI não está acustumado a ver esse tipo de novelas da nova linha, logo as audiências diminuem.

TVI Blog disse...

Quando se tenta inovar ... depois a prova está à vista.

'Remédio Santo', 'Sedução' e 'Anjo Meu' são a prova viva de um novo estilo de ficção nacional em Portugal, e que ainda não está muito bem enraizado nos portugueses. Mas as audiências não é tudo!

Quem faz desta forma ficção (de excelente qualidade) e arrisca a trazer algo novo à televisão portuguesa fica sempre a ganhar, mesmo que a audiência não seja a esperada.

Parabéns TVI !

Anônimo disse...

Eu acho que o problema de ontem foi o baixo consumo televisivo e a ver os outros programas , remedio santo ate se saiu bem. Se vermos bem , LDS fez um resultado nao muito diferente do habitual, os noticiarios baixaram e muito, MCA nao passou dos 7 apesar de ter liderado, Anjo meu começa as 23h e termina a meia noite, horario nao muito habitual para a 2ª novela de HN. Penso que hoje vai ser diferente e o ideal seria a tvi ajustar horarios e intervalos que estao a criar problemas na estreia, amanha veremos se a tendencia e de subida ou de descida.

Anônimo disse...

sinceramente acho que o numero de novelas devia ser reduzido a 2 ... devia haver um programa tipo late night por exemplo e so depois as novelas ... nao estou a dizer que as pessoas estao fartas das novelas mas e so a minha opiniao enquanto espectador assiduo da tvi... mas se forem manter as 3 novelas por um lado acho bem porque da emprego aos actores (infelizmente 50 por cento agora sao dos morangos) de formaçao

Anônimo disse...

Eu nao vejo nenhum problema. Se analisarmos bem ao longo destes anos a tvi era a única a fazer produção nacional decente e realitys and talent shows e sendo a melhor nesse campo e a concorrer com a ficção importanda teve resultados bombásticos. A partir de 2010 a sic e rendeu -se a estratégia da tvi, começou a repescar autores e actores melhores que os que tinha e começou a fazer produção nacional e realitys. A unica diferença que existe é que nestes 10 anos havia 1 tvi agora existem "duas", enquanto as pessoas que viam tv escolhiam a tvi pq era aunica a ter ficçao nacional agora podem escolher entre dois canais logo é obvio que a tvi nao vai conseguir alcançar valores que alcançou por exemplo com Feitiço de amor ou Olhos de água porque agr tem concorrencia a altura

MAIS TVI disse...

Viram o episódio de hoje? Não há duvida que este é um dos melhores produtos de ficção dos ultimos tempos...

Anônimo disse...

a historia e sempre a mesma ... ha sempre uma malvada a separar um casal... e agora uma rapariga que tem visoes e toda a gente vai a ela omg ... vi o primeiro episodio e nao gostei ... parece que ja vi estas historias em muitos lados

Maria A. disse...

Olá D.S:

Concordo com aua visão! Realmente o panorama está a mudar!

Até houve a particularidade de «Remédio Santo» começar mais de uma hora mais cedo, e ser presenteada com 2 intervalos na SIC, o que, apesar disso, não evitou que «Laços de Sangue» fosse o 2º programa mais visto do dia!

O que acontece é que as novelas da TVI encontram agora uma
concorrência mais forte!

«Laços de Sangue» tem a parceria da maior produtora de novelas do mundo, o que lhe dá a oportunidade de conhecer novas técnicas, desconhecidas pela TVI!

E isso nota-se à distância!

Maria A. disse...

Anónimo das 21:02, o baixo consumo numa 2ª feira, que nem era feriado?

As pessoas trabalham na 2ª feira, o 1º dia útil da semana!

Maria A. disse...

Anónimo das 21:27, a TVI era a única a fazer ficção?

Esquece-se de que a ficção nacional mais vista da televisão portuguesa, com uma média de 2 milhões de espectadores, passou exactamente na SIC!

Quem não se recorda de «Médico de Família»? Todos se lembram!
Ao contrário das novelas da TVI, que passam todas ao esquecimento!

No entanto, é verdade que a SIC começou novamente a apostar a sério na ficção nacional!

Convidou a Gabriela Sobral para coordenar o trabalho juntamente com a Globo, utilizando as suas técnicas, juntou os melhores profissionais da TVI aos da SIC, disponibilizou verbas à ficção...e a concorrência tornou-se difícil para a TVI, que vê as suas novelas gradualmente a cair!

Anônimo disse...

Tinha de vir a especialista audiometrica...

Anônimo disse...

Olha se ela não viesse...

BigBoss disse...

Essa senhora deve ser a Julia Pinheiro. Como tá a ver tudo a flopar excepto a novela, é isso disso que fala. Que lol, meu deus.