21 de dezembro de 2010

Falar Televisão


Mais Conceição

Esta semana tive a oportunidade de voltar a seguir Conceição Lino, na integra, à frente do Boa Tarde da SIC. E, ao contrário do que já aqui tinha escrito aquando da estreia da cara da SIC neste novo talk-show, agora fiquei muito mais agradado com a performance da ex-apresentadora do programa de informação Nós Por Cá. Acima de tudo, é de notar uma considerável e agradável evolução por parte de Conceição na maneira como conduz cada emissão das tardes da SIC.

Três meses depois da estreia num formato de entretenimento, Conceição Lino flui o seu discurso de uma forma muito mais eficaz e (talvez o mais importante) consegue fazer sobressair o seu arrojado e refinado sentido de humor, tão aclamado por todos os amigos e colegas que convivem ou trabalham de perto da apresentadora. Com um à-vontade e descontracção semelhantes a uma Leonor Poeiras, ou até, a uma Júlia Pinheiro, Conceição Lino está a seguir um caminho alternativo e eficaz na condução do seu novo programa.


E com este amadurecimento evidente, resta tornar também perspicaz o conteúdo e o intuito do próprio Boa Tarde. Algo que ainda parece estar um tanto ou quanto à deriva. E é aqui que, caso se venha a confirmar, Júlia Pinheiro deve intervir da melhor forma já a partir do próximo ano, para tornar as tardes da SIC um pouco mais atractivas e, aí sim, alternativas!

2 comentários:

Miguel disse...

Gostei muito, Pedro.

Concordo inteiamente contigo!

Anônimo disse...

melhorou imenso não haja dúvidas