26 de março de 2011

Audimetria Semanal


Boa noite. Seja bem vindo à quadragésima nona edição da "Audimetria Semanal".

Resumo semanal

A semana que passou foi marcada por inúmeros acontecimentos. Se a despedida de "Mar de Paixão" prendeu milhares aos ecrãs, a estreia de "Anjo Meu" também não deixou ninguém indiferente. Porém, foi a demissão de José Sócrates que comandou audiências na quarta-feira, com resultados bastante positivos para a RTP1 e SIC Notícias. Mais uma vez os portugueses provaram que a informação é algo que lhes interessa, e que o estado do país merece especial atenção por parte das estações de televisão.

Por outro lado não esquecer a liderança de Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha nas manhãs da TVI. Tal como poderemos ver mais abaixo, a dupla de apresentadoras continua bem à frente de Júlia Pinheiro e de Jorge Gabriel e Sónia Araújo.

Por outro lado o duelo entre "Uma Canção Para Ti" e "Portugal Tem Talento" não deixou ninguém indiferente. A competição entre os dois formatos está ao mais alto nível, de tal forma que no último domingo a diferença em termos de audiência média foi de apenas 0,1%.

Passemos então a uma análise mais pormenorizada aos principais horários da televisão portuguesa.


Manhãs (10:00 - 13:00)




Tal como referido no "Resumo Semanal", Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha continuaram na liderança. Em segundo lugar permaneceu "A Praça da Alegria" e, por fim, "Querida Júlia".
Júlia Pinheiro e a sua colega Ana Marques continuaram a não surpreender os telespectadores, e nem mesmo o "Jogo da Glória" parece ter vingado junto dos portugueses. No plano oposto está mesmo "Você na TV!". O talk-show das manhãs da estação de Queluz de Baixo continua a atingir shares superiores a 30%, tendo estes sido fomentados pelo facto de o programa se iniciar às dez horas em ponto. Um aspecto a favor da dupla da TVI, e contra o canal de Pinto Balsemão. Júlia Pinheiro ainda tem de batalhar para conseguir agarrar as manhãs da SIC!

Tardes (14:00 - 20:00)



O desaparecimento de "Portugal no Coração" dos dez programas mais vistos da estação pública foi um dos aspectos que marcou a semana que passou. Apesar desta queda Fátima Lopes esteve morna, estado que continua longe de ser alcançado por Conceição Lino. As boas tardes que a apresentadora dá aos telespectadores da SIC permanecem nos 20% de share, algo positivo tendo em conta anteriores resultados. Contudo, a verdade é que o talk-show da SIC está longe da liderança.

Em relação a "Agora É Que Conta", nem mesmo com a chegada de Iva Domingues à condução do programa as audiências melhoraram. Assim, "Ti Ti Ti" tem aproveitado a onda da TVI e subido os seus resultados. Por exemplo, na quinta-feira a telenovela da TV Globo alcançou 4,8% de rating e 24,8% de share. Apesar deste crescimento, Dina Aguiar continuou a ser uma boa rampa de lançamento para a liderança de "O Preço Certo".
Em relação a "Morangos com Açúcar", nada a acrescentar. Mais uma vez a série da estação de Queluz de Baixo assegurou o segundo lugar, porém com um "Escrito nas Estrelas" a morder os calcanhar ao horário das 19:00 da TVI.

Não esquecer igualmente o noticiário da RTP2, "Hoje". Apesar de poder passar despercebido, na última quarta-feira chegou aos 12,8%, tendo este número sido justificado pela possível demissão de José Sócrates.

Noite (21:00 - 00:00)


A estreia de "Anjo Meu" tirou algum protagonismo à liderança de "Espírito Indomável", novela que diariamente ocupava o primeiro lugar do top dos cinco programas mais vistos do dia. Assim, com a nova produção da TVI, esta realidade modificou-se. "Anjo Meu" passou agora a ser a oferta televisiva com maior audiência diária, relegando "Espírito Indomável" para o segundo posto. Apesar disto, não é de mais referir que a novela protagonizada por Vera Kolodzig continuou a liderar frente à concorrência.
Quanto a "Laços de Sangue", e mesmo não conquistando a preferência dos telespectadores nacionais, percorreu o seu caminho. Com um público fiel, a aposta da SIC permanece nas boas graças do canal. O mesmo não se pode dizer de "Araguaia", produção que não tem surpreendido com os seus resultados. Apesar de não obter shares inferiores a 20%, não se consegue sobressair, levando-nos a concluir apenas que existe "mais uma novela" no terceiro canal. Por fim, e na área da ficção, o duelo entre "Passione" e "Sedução" ficou desequilibrado, com luz verde para a produção de Rui Vilhena.

Em termos de comédia, a estreia de "Portugal Tal & Qual" foi satisfatória. Com 10,1% de audiência média e 23,6% de share, a série da RTP1 alcançou um resultado superior ao de "A Família Mata", da SIC. Apesar deste facto, e de nem sempre vencer a concorrência, a produção da estação de Carnaxide acaba por ser um valor seguro para a grelha de programação.

Por fim, e no que toca à informação, de salientar apenas o espaço de reportagem "Linha da Frente". Esta semana "O Rosto dos Novos Pobres" atingiu os 10,9% de rating e 25,4% de share, tendo sido o quinto programa mais visto do dia!

Figura da semana



José Carlos Malato continua a ser aposta da estação pública. Apesar de não vencer em horário nobre, o apresentador está de pedra e cal no seu "Quem Quer ser Milionário - Alta Pressão". Em terceiro lugar nas audiências, o concurso segue a cultura geral dos telespectadores, e procura ser uma alternativa para a ficção da concorrência.
Mesmo com shares inferiores a 20%, a RTP1 conta com um valor seguro no horário que segue a liderança do "Telejornal". José Carlos Malato é um mestre e uma das poucas salvações das noites do primeiro canal!

Número da semana


7,4%

... foi o share alcançado pela SIC Notícias na última quinta-feira. O canal temático de Carnaxide foi o quarto mais visto do dia, sendo que o TVI 24 foi o sexto, com 2,5%. A RTN ficou-se pelo nono lugar, com um share na ordem dos 2%.

MMV - Minuto Mais Visto da Semana



Tal como na semana passada, o futebol marcou o Minuto Mais Visto da Semana. A partida entre o Paris SG e o Sport Lisboa e Benfica, transmitida no dia 17 de Março, atingiu os 21,3% de audiência média e 56,5% de share às 19 horas e 52 minutos. Assim, e em números absolutos, mais de dois milhões de telespectadores estavam sintonizados na SIC a essa hora.
Em segundo lugar deste campeonato ficou a TVI, com o seu "Espírito Indomável". O episódio da novela transmitido no dia 16 de Março alcançou 19,6% de rating pelas 21h52.

11 comentários:

Luis fernandes disse...

Esqueceram-se de destacar a liderança do Boa tarde À 2 dias.

Eu acho que o Boa tarde não está longe da liderança como vocês dizem, mas a fátima perde para as novelas.

luis disse...

como é que a sic ainda não percebeu que tem de começar o querida júlia ás 10h em ponto?

Maria A. disse...

Exactamente, Luís Fernandes, as coisas estão a mudar! Houve um esquecimento!Peço desculpa!
A Fátima Lopes já vai aos 17% de share( na 4ª feira), perdendo na tarde, segundo os dados do DN Televisão, muito longe das novelas!
O «Boa Tarde» já ganhou à Fátima Lopes na 4ª feira.

Na semana antes da anterior, a Fátima Lopes foi a 4ª no horário, atrás do cabo, conforme já coloquei aqui as audiências.

Na semana anterior, a TVI conseguiu o 2º lugar a seguir à cabo, mas todas muito pertinho:

1º Cabo-26%

2º-TVI-24%

3º-SIC-23,7%

4º-RTP-23%.


No fim da tarde, segundo a mesma fonte, a TVI foi a 3ª:

1-RTP-27,2%

2º-SIC-26,6%

3º-TVI-22%

4º-Cabo-21%

Fonte: Notícias TV

O «Portugal no Coração» desapareceu, porque o «Boa Tarde» subiu.
E o «VNTV» já não é tão líder!
O Goucha levou anos a liderar. Parece-me que a Júlia vai ser mais rápida!

Maria A. disse...

A SIc Notícias tem tido resultados bombásticos!

Na 4ª feira conseguiu 11,3% de share, 6 vezes mais que a TVI24!
E tém-se mantido dentro dos resultados altos, líder como sempre!

Anônimo disse...

A senhora Maria é mesmo uma doente...que pessoa tão fanática!!! A sua SIC só consegue esses resultados porque roubou profissionais da TVI que agora querem uma espécie de vingançãzinha. É triste mas é uma espécie de gente ressabiada. Ó Maria, que tal ficar a viver para sempre na SIC e bloquear os outros canais no seu televisor? Assim, já não se dá sequer ao trabalho de ver o que não quer.

Luis fernandes disse...

Os anónimos da TVI, o que sabem da TVI é apenas estes ultimos 6 anos da Liderança.

Em 1993, a TVI nem aos 10% de share chegava.

Em 1997, teve uma média anual de 7% de share

Em 2000, começou a adquirir os professionais da SIC tais como helena laureano até Hoje.

Vocês continuam a achar que a TVI vai continuar a liderar para sempre?

A SIC liderou durante 12 anos e deu no que deu e eu tenho a certeza que a TVI nem aos 10 irá chegar. A SIC e a RTP um dia poderão vingar a sua liderança perdida à muitos.

Anônimo disse...

Luis Fernandes!!
Primeiro a Sic liderou só 10 anos.
Segundo, se a TVI tinha essa cota de audiência e agora tem a que tem... é lhe dado ainda mais valor pois conseguiu subir e liderar!!!

Maria A. disse...

Anónimo das 15:03blá...blá...blá...sempre a mesma conversa, quando vê o seu canalzinho a dar voltas no ar!
Já enjoa! Qundo muda o disco?

A SIC não roubou profissionais à TVI!
Simplesmente fez-lhes o convite...e eles preferiram a SIC.
São as leis do mercado! Cada um tem o direito de escolher o canal que mais lhe agrada! E atendendo à
debandada da TVI...ela não é a preferida!

Concordo com o Luís Fernandes, quando ele pergunta se pensa que a TVI vai continuar líder.

E já agora...sabe quem elevou a TVI dos 10%?
Foi a Gabriela Sobral.
Só que ela agora está a trabalhar pela SIC...e sabe como se faz uma liderança!
Sabe o que ela dizia há dias ao DN?
«As coisas estão a melhorar. E a maior vitória no canal, foi ter conseguido trazer a Júlia Pinheiro.
A SIC está a renascer e a participação da Júlia vai ser muito mais excitante do que na TVI. Temos uma sintonia muito grande!»

Fonte: D.N-15-03-2011

De facto, a SIC é o único canal que sobe em Março, já no 2º lugar.
A TVI e a RTP caem!
A RtP e o Cabo batem-se pelo 3º lugar!

Maria A. disse...

Se olharmos para o 3º lugar da TVI, no fim da tarde, isto é, das 17 às 20 horas, nos 22%, longe da SIC nos 26,6% e da RTP nos 27,2%...concluimos que os «Morangos» se tornaram num grande flop!
E já nem a repetição lá está!
Coitados dos «Morangos»! Já eram!

Maria A. disse...

«Araguaia» estreou num horário em que a maioria dos portugueses dorme: às 23:30:52. Mesmo assim conseguiu 23,2%, o que mostra o potencial da novela, a estrear nesse horário. Na 6ª feira já foi aos 24%.

Estou a imaginar a novela «Sedução», que só foi lá para esses horários, depois de estar há semanas no ar, dando tempo para entrar na história!

A novela Araguaia» tem uma história interessante e misteriosa, paisagens lindíssimas e um elenco de se lhe tirar o chapéu.

Existia uma lenda junto do rio Araguaia, que condenava à morte todos os homens.

Por essa razão, «Antoninha» não criou o filho «Fernando», para o salvar da morte, dando-o a criar a «Mariquita».

O filho de «Fernando», «Solano», Murilo Benício, apaixona-se pela lindíssima «Manuela», filha do maior inimigo de seu pai, à semelhança de «Romeu e Julieta?,

É linda a novela!

Maria A. disse...

Venho fazer uma correcção: a personagem «Solano», filho de «Fernando»( Edson Celulari) e neto de «Antoninha»( Regina Duarte), é Murilo Rosa e não Murilo Benício, como referi por engano.

Na verdade, a maldição indígena que caíu sobre os homens, foi devida à paixão vivida por «Antónia», antepassada de «Antoninha», por se ter apaixonado pelo índio «Apoena», que tinha mulher e filhos.

Para o filho «Fernando» não ser atingido pela maldição nas margens do rio Araguaia, «Antoninha» entregou-o para criar a uma sua empregada, «Mariquita».

Porém, como a mãe biológica ficou moribunda, «Fernando» foi conhecê-la, levando consigo o filho «Solano».
Foi então que «Antoninha lhe contou a história da maldição sobre os homens. Mas «Fernando» não acreditou.
Porém, na véspera de sair de Araguaia, morreu na cama, sem causa aparente.
A maldição cumpriu-se!
Será que «Solano», apaixonado por «Manuela»(Milena Toscano), fica em Araguaia, expondo-se à morte por maldição, como o pai?